• 21 de September de 2017
  • LANGUAGE:
    • English
    • Español
    • France
    • Chinese
ONDE IR? COMO IR? O QUE FAZER? COMECE A VIAJAR AQUI...

XANGAI

image image

A primeira coisa que lembro quando penso em Xangai (Shanghai em inglês) é o tamanho colossal do aeroporto. A segunda o tamanho colossal da cidade. A terceira o tamanho colossal de seus prédios, verdadeiros observatórios, considerados dos mais altos do mundo. É isso mesmo! Xangai tem algo de grandioso, moderno, gigantesco sem deixar de ser chinês! Se você espera chegar em Xangai e ver aqueles balõezinhos vermelhos, bandeirinhas coloridas e sujeira pelas ruas? Esqueça. Estive lá para passar o final de ano de 2015. Queria constatar se a Expo 2010 (a exposição universal que ocorreu por lá) deixou de fato algum  legado positivo. Bem, apesar dos prédios em uma área de cinco quilômetros quadrados – construídos especificamente para o evento – estarem parcialmente vazios, é fácil notar que a limpeza nas ruas é inequívoca e veio para ficar. Na China? Sim, na China.


Muito mais limpo que a Avenida Paulista, em São Paulo, ou Copacabana, no Rio de Janeiro, só para citar duas das maiores cidades brasileiras. Xangai tem o sistema político comunista, porém , o sistema econômico é capitalista. Eles descobriram que ter dinheiro é bom. E ter muito dinheiro é melhor ainda. A mão de ferro e os olhos do partidão central estão por toda a parte. Fato. Mas as mais modernas, luxuosas e caras lojas do mundo capitalista também! Depois de passar quase dez dias, constatei, meio curioso, meio estarrecido, que não existem mais produtos falsificados na China. Afinal, tudo é feito lá! Mais chocado ainda fiquei quando contei a sexta loja Dior na cidade. E a quinta Louis Vuitton. E o que dizer das meninas no metro com I phones 6, conectadíssimas e com roupas de grife? Metrô aliás, que tem mais de 500 quilômetros construídos em pouco menos de trinta anos. Só para comparar, em São Paulo temos pouco menos de 70 quilômetros construídos em mais de 40 anos! Agora eu entendo porque a China já é a segunda maior potência mundial e está a caminho – rápido – de ser a primeira. Uma visita a Xangai - cidade irmã de São Paulo tanto pelo tamanho quanto pela população - é esclarecedora para dizer o mínimo. No skyline de Xangai, dezenas de prédios empacotados em multicoloridos leds vendem, vendem, vendem sem parar... Para quem, perguntaria você? Para mais de um bilhão e trezentos milhões de ávidos e reprimidos consumidores chineses. Basta dizer que eles construíram vários trens de alta velicidade. Um deles, o trem bala que liga o aeroporto ao centro chamado Maglev (Magnetic Levitation) percorre 30 quilômetros em oito minutos e chega a mais de 300 quilômetros por hora. E aí? Convencido? Ainda pensando? Então vai lá... É longe de chegar? É! Muito! Se vale a pena? Vale. E muito. Ni hao! 



O jornalista viaja sempre com seguro. Na China, em Xangai, viajou com a segurança da Travel Ace.
"É como sempre eu digo, seguro é o tipo de coisa que você tem que ter para não usar! "

GALERIA DE IMAGENS CLIQUE PARA AMPLIAR AS IMAGENS
O QUE É IMPERDÍVEL
image
image
image
image
image
image
image
image
image
image
image
O QUE COMER E BEBER
image
image
image
image
image
ONDE FICAR
image
image
O QUE COMPRAR
image
image
image
image
NOTÍCIAS