• 24 de September de 2018
  • LANGUAGE:
    • English
    • Español
    • France
    • Chinese
ONDE IR? COMO IR? O QUE FAZER? COMECE A VIAJAR AQUI...

O QUE É NOTÍCIA

Sabores inusitados em Mayfair

Sabores inusitados em Mayfair

Por: Paulo Panayotis | São Paulo - Brasil Categoria: Colunista

Sabores inusitados em Mayfair

O clima de primavera invade os pratos de um menu em transição. O festejado e antiquado brunch dos finais de semana termina gloriosamente seus dias. E dá lugar a pratos mais autênticos, pessoais, atemporais.

Lounge do Restaurante Amaranto e sua adega de alta qualidade
Estou no Amaranto, restaurante do incrível hotel Four Seasons London at Park Lane, na sofisticada área de Mayfair.


Chef Pablo Fernandez, talento nato e simpatia inata
O convite é para o brunch, mas logo na chegada o simpático chef Pablo Fernandez sugere um menu degustação. De saída, o maitre democraticamente quase ordena algo clássico porém moderno.


Garlic Blood Mary e brioche caseiro, dupla afinada!
Surpreende  o Blood Mary com essência de alho! Forte? Delicioso! Grande companheiro do brioche caseiro com tomates secos e azeitonas. Fofíssimo! Vamos à luta!


Crocante vieia frita envolta em mozzarela de búfala
Amouse bouche para atiçar: uma espetacular vieira fresca envolta em mozzarella de búfala. Frita, estrala na boca de crocante! Quatro delicadas pétalas de flores comestíveis, nas cores da rede Four Seasons, sob um berço de molho de alho acompanham. Mais do que o ponto certo, trazem a estética perfeita! Sigo.


Caranguejo, avocado e o inusitado brocolis-ostra( o verde pequeniniho que parece estar congelado)
Aterrissa na mesa algo que eu nunca havia provado. Uma dulcíssima camada de carne de caranguejo do Atlântico Norte deitada sobre outra de creme de avocado com manjericão. Como acompanhamentos, no mesmo prato, mini legumes: beterrabinhas,  mini- folhas de agrião e um mini-brócolis holandês com sabor de ... ostra! Sim, o danado do mini-agrião da Holanda era tremendamente crocante e com sabor acentuado de ostra! Achei que tinha exagerado nos Blood Marys!


Chef Pablo Fernandez, simpatia e competência
Não preciso convocar o chef. Com um sorriso atípico dos anglo-saxões, ele me explica, com forte sotaque vagamente identificado, que sim, os holandeses desenvolveram este legume para ter gosto de ostra! “Mas não conto o segredo porque eu mesmo não sei”,  apressa-se em se justificar Pablo Fernandez! Bingo! Achei a origem do sotaque! “Sou meio chileno, meio espanhol, confessa ele em castelhano. “Mas também falo português. Você morou em Portugal? A resposta me surpreende tanto quanto o brócolis com sabor de ostra: “Namorei uma brasileira durante um bom tempo. Ela era de Florianópolis”. Autodidata, Pablo nunca frequentou escolas de gastronomia em seus 32 anos de vida. O talento, a mão para a cozinha e o alto nível vem de onde mesmo?  “ Sei lá, diz ele se divertindo. Minha mãe era dona de casa e meu pai professor de matemática. Nenhum dos dois era bom com as panelas.”, sentencia ele já se afastando para continuar seu inesquecível menu-degustação!


Aspargos e ovo pochê em berço esplêndido
Em seguida chegam outras obras de arte sempre escoltadas por flores comestíveis. Destaque para os aspargos frescos e ovo de codorna pochê sobre ‘cabelos’ de cebola frita bem fininha aninhados sobre um creme de jambon hispânico, por “supuesto!


Peixe e prato, duas obras de arte
Fantástico o turbot fresco grelhado com molho de tinta de lula e cogumelos girrole!


O tenro cordeiro dos Pirineus e basta!
Impecável o baby cordeiro dos Pirineus com lascas de grana padano!


Sopa de ruibarbo e morangos com sagu
Inesquecível a sopa de morangos e ruibarbo com sagu!Enquanto termino o inesperado almoço magistralmente criado por um inesperado chef meio velho continente, meio novo, filosofo:Houve uma época em que restaurante de hotel era o máximo! Depois, grandes chefes passaram a abrir seus próprios restaurantes exclusivos e estrelados. Seguiu-se, mundialmente, uma época inversa: restaurante de hotel? Deus me livre. Hoje, eles, os restaurantes de hotel, estão novamente no topo! A tendência é mundial. Mas concorda comigo: encontrar excelência de produtos, maestria de execução com carinho latino é mais do que inesperado. É a perfeito!

Paulo Panayotis

Artigo publicado originalmente na coluna Sua Viagem, Seu Investimento, no portal InfoMoney

O Jornalista esteve no restaurante Amaranto,do hotel Four Seasons London at Park Lane, a convite da rede Four Seasons.