• 24 de September de 2018
  • LANGUAGE:
    • English
    • Español
    • France
    • Chinese
ONDE IR? COMO IR? O QUE FAZER? COMECE A VIAJAR AQUI...

O QUE É NOTÍCIA

O Bar do David, o Google e a cidadania!

O Bar do David, o Google e a cidadania!

Por: Paulo Panayotis | São Paulo - Brasil Categoria: Colunista

O Bar do David, o Google e a cidadania!

O Bar do David estava no New York Times, na BBC de Londres no Le Fígaro da França e em dezenas de outros jornais, revistas, rádios e emissoras de televisão de todo o mundo. Mas não estava nos mapas do Rio de Janeiro. O projeto “Tá no mapa”, uma parceria do Google com a organização não-governamental Afro reggae, colocou ele finalmente nos mapas cariocas.

Bar do David: conhecido bem mais no resto do mundo do que no Brasil!

Só vendo o que posso comprar
 “Como empreendedor, procuro vender aquilo que eu poderia comprar”, avisa um David orgulhoso e cheio de atitude. Faz sentido. David é ex-pescador. Ex mesmo! Hoje em dia é um empreendedor de sucesso na favela Chapéu Mangueira, no Rio de Janeiro. Seu “boteco”, ajeitado e limpo, é conhecido no mundo todo. Começa a ser conhecido também no Brasil.

Luiz "Gui" Brandão: gerente do projeto Tá no Mapa, parceria do Google com o Afro Reggae

Milhares de empresas mapeadas
“Já mapeamos 26 favelas cariocas e até o final deste ano de  2016 serão trinta”, informa Luiz Guilherme Brandão, gerente do projeto Tá no Mapa, do Google. Com orgulho ele apresenta a iniciativa para 25 jornalistas brasileiros convidados para conhecer as novidades da gigante para as Olimpíadas do Rio. O local? O “reservado” do Bar do David, claro!


Delícias de buteco que nem precisam ganhar prêmio!

Apenas a ponta do Iceberb...
Entre coxinhas de camarão, generosas porções de carne seca e frutos do mar, fico sabendo que mais de três mil pequenas e micro empresas, como por exemplo o Bar do David, já foram mapeadas . “Este bar é apenas o aspecto mais visível e conhecido do nosso trabalho”, completa o executivo do Google. “O mais legal, destaca ele, é que qualificamos os próprios moradores das favelas. Treinamos a comunidade em cartografia digital. É uma atividade remunerada de 12 semanas, entre aulas teóricas, práticas e o trabalho em campo”, explica o chefe do “Tá no Mapa”.

David: o ex-pescador que virou empresário.

Comida de buteco e Usain Bolt...
Segundo ele, ao final quase todos acabam conseguindo emprego na área, já que se qualificam. Mas o mais importante, penso eu, é que eles conseguem cidadania! “Já ganhamos várias vezes o concurso “Comida de buteco” ressalta David. Vamos buscar mais prêmios e, quem sabe, trazer o Bolt para uma parceria, emenda o ex-pescador que sonha – e realiza – alto! O Bolt que ele fala é aquele mesmo: Usain Bolt, o homem mais rápido do mundo!

Coxinha creme de camarão: D E L I C I O S A e a preço justo!

De pescador a empreendedor com uma mãozinha do Google!
Concentração de moradores e concentração de negócios são os principais critérios para efetuar o mapeamento. Impressiona! Até hoje, segundo informações fornecidas pelo Google, o projeto formou 120 “mapeadores”, todos das comunidades que já foram colocadas no mapa! Parece que está dando certo. Ao menos para o David, já deu!

Méta-decoração: favela estilizada decora o Bar do David

Um “chef made” in Chapéu Mangueira!
- “E qual preço do seu prato chefe, digo, seu carro chefe? Custa R$ 39,90 responde de bate pronto nosso gourmet do Chapéu Mangueira! Considerando que o prato principal do buteco é uma belíssima feijoada de frutos do mar, vale! Eu, fã que sou de peixes, crustáceos e outras criaturas que nadam por mares e rios, aprovei! Sabor e preço justos! De quebra, você leva, “de grátis”, cidadania!. Ok Google?

Feijoada de frutos do mar com feijão branco!

Jornalistas e equipe do Google: confraternização olímpica!

Os Jornalistas Paulo Panayotis(Infomoney e OQVPM) Renata Ceribelli(Fantástico/Globo) com Flavia Seckles(Google) e Todd Benson(Google)

O jornalista viajou para o Rio de Janeiro a convite do Google onde foi conhecer as novidades para as Olimpíadas do Rio 2016