• 23 de July de 2018
  • LANGUAGE:
    • English
    • Español
    • France
    • Chinese
ONDE IR? COMO IR? O QUE FAZER? COMECE A VIAJAR AQUI...

O QUE É NOTÍCIA

Sete coisas que fazíamos durante uma viagem antes da Internet

Sete coisas que fazíamos durante uma viagem antes da Internet

Por: Paulo Panayotis | São Paulo - Brasil Categoria: Colunista

Se você tem menos de três décadas de vida, talvez este artigo seja muito, muito estranho. Toda viagem era mais tranquila, menos estressada, menos acelerada. Especialmente se a viagem era para o exterior. Pergunte ao seu irmão mais velho ou até mesmo para seus pais. Imediatamente vai ver no rosto deles aquele olhar perdido, saudoso. Duvida? Então vamos lá?

1 – Procurar telefones públicos para falar com a família, pais, namorada!
Lembro que viajei pelo nordeste inteirinho de moto quando tinha 20 e poucos anos. Em todas as capitais, a primeira coisa era achar um orelhão para ligar para aquela namorada... Cara de pau, ligava a cobrar!
O que fazemos hoje? Falamos grátis pelo skype, facetime, messenger, etc.

2 – Controlar muito bem os filmes (e as fotos) de nossa máquina fotográfica!
E como custava caro cada rolinho daqueles, especialmente fora do Brasil. Depois, ainda tinha o custo da revelação! E no final de alguns anos, quilos e mais quilos de caixas cheias de fotos.
O que fazemos hoje? Tiramos milhares de fotos a torto e a direito. Pouco importa se não ficam boas. Editamos no celular e viram obras primas no Instagram!

3 – Cuidávamos como um tesouro do nosso bilhete físico de avião!
Malditos bilhetes! Tinham dezenas de folhas fininhas, fininhas  e todo o trajeto estava irremediavelmente lá! Se perdesse era um caos. Segunda via então, um horror! Só no aeroporto e depois de uma fila daquelas!
O que fazemos hoje? Mostramos a reserva ou código de barras ou outro código qualquer na tela de nosso celular.

4 – Íamos a uma agência de viagens para reservar hotéis e comprar passagens!
Uma senhora simpática ou o filho do dono (que já havia viajado pacas) indicava os melhores hotéis e sugeria os voos mais “bacanas”. Sua paciência era colocada a prova, pois para confirmar os hotéis era preciso esperar vários dias.
E escolher assento no voo? Só no aeroporto meu caro e ansioso viajante.
Que fazemos hoje? Até pouco tempo comprávamos tudo pelo computador de casa, em algum site. Hoje adquirimos tudo ou quase tudo diretamente do nosso celular.

5 – Comprávamos guias e mapas de viagem.
Pode parecer mais estranho ainda. Quase inacreditável. Se você tem menos de 30 anos seguramente não acreditará! Mas sim, levávamos o mapa junto conosco e, ao contrário do Google Maps, podíamos dobrar e guardar no bolso. E dá-lhe cuidado para não rasgar ou esquecer em algum “boteco” ao longo do caminho!
O que fazemos hoje? Levamos nosso celular com todo tipo de aplicativo e dicas.

6 – Perguntávamos ao primeiro sujeito com cara de habitante local onde havia um bom restaurante?
O mais impressionante é que invariavelmente acreditávamos no sujeito. Mais incrível ainda é que não tínhamos que ler dezenas de avaliações para acreditar que, sim, era um bom restaurante!
O que fazemos hoje? É autoexplicativo, mas vamos lá: booking, tripadvisor, etc...

7 – Comprávamos cartões postais de montão e perdíamos um tempo danado procurando um posto do correio .
Sim, juro que era assim! Todos, repito, todos mandavam postais. Até os mais preguiçosos e esquecidos. Dava um baita trabalho para escrever e “postar”. Invariavelmente chegavam depois que você já havia voltado de viagem!
O que fazemos hoje? Mandamos mensagens, fotos, vídeos e o “escambau” pelo Whatsapp! E “de grátis”!!

Moral da história
Para o bem e para o mal, a internet mudou o mundo...N o seu caso, nobre leitor viajante, na maioria das vezes para o bem. Duvida? Então vai lá no www.oquevipelomundo.com.br

GALERIA DE IMAGENS

CLIQUE PARA AMPLIAR AS IMAGENS