• 20 de February de 2019
  • LANGUAGE:
    • English
    • Español
    • France
    • Chinese
ONDE IR? COMO IR? O QUE FAZER? COMECE A VIAJAR AQUI...

O QUE É NOTÍCIA

Experiência no hotel Principe di Savoia

Experiência no hotel Principe di Savoia

Por: Adriana Reis Categoria: Hotelaria

 

 

A neve cobre a cordilheira Cortina d´Ampezzo nos alpes italianos. Milão está logo ali embaixo. Depois de mais dez anos retorno à cidade que respira moda e design. Aqui encontro uma das duas propriedades da Dorchester Collection na Itália: o icônico hotel Principe di Savoia. Para mim, uma combinação de charme, luxo e elegância tipicamente italiana.


Fachada do hotel Principe di Savoia – Créditos: Paulo Panayotis | Adriana Reis ©oqvpm

A rainha da Inglaterra, Elizabeth II, Charles Chaplin, Josephine Baker, Aristoteles Onassis, Maria Callas, o cineasta Woody Allen, o ex-presidente americano, George W. Bush, o milionário Bill Gates, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, entre outros, já passaram por aqui. Mais recentemente, as cantoras Lady Gaga e Madonna, o ex-jogador David Beckham e o ator George Clooney também escolheram o Principe di Savoia.
Por que?


Obra de arte na entrada do hotel – Créditos: Paulo Panayotis | Adriana Reis ©oqvpm

A recepção, à moda italiana, logo me deixa com a sensação de estar em casa, especialmente depois de uma longa viagem com direito a horas e horas de conexão.


Jornalista Adriana Reis é recebida com mimos na suíte – Créditos: Paulo Panayotis | Adriana Reis ©oqvpm

Para relaxar, uma garrafa de espumante e chocolates me esperam. Curiosidade: é espumante mesmo! Raro aqui na Itália, terra dominada por proseccos de excelência. Na minha suíte o silêncio é tão grande que nem lembro que estou no coração de Milão.


Chocolates na chegada – Créditos: Paulo Panayotis | Adriana Reis ©oqvpm

Inaugurado em 1927, o hotel se chamava Principe & Savoia. De lá para cá sempre foi palco de reuniões, conversas e histórias de personalidades do mundo da arte, literatura, música e da política que buscam discrição, conforto e perfeição na hospitalidade. Nos anos 80 passou a se chamar Hotel Principe di Savoia. E, desde 2003, integra a Dorchester Collection.


Recepção – Créditos: Paulo Panayotis | Adriana Reis ©oqvpm

Só na hora do café da manhã percebo como o hotel está ‘fully booked’ (lotado). “Aqui é sempre assim”, afirma a simpática atendente. E olha que são 257 quartos e 44 suítes em dez andares.


Café da manhã – Créditos: Paulo Panayotis | Adriana Reis ©oqvpm

A modernização do projeto inicial do arquiteto Cesare Tenca, feita em 2009 pelo arquiteto Thierry Despont, manteve hóspedes fiéis e atraiu novos.


Decoração – Créditos: Paulo Panayotis | Adriana Reis ©oqvpm

Decoração clássica, quartos amplos, banheiros de mármore, amenities da famosa marca Acqua di Parma, mini bar, cofre, closet e espaço, muito espaço!


Amenities da marca Acqua di Parma – Créditos: Paulo Panayotis | Adriana Reis ©oqvpm

Descansada e pronta para rever Milão, o concierge me oferece o serviço exclusivo de motorista que leva e traz hóspedes até a Galeria Vittorio Emanuele II. Detalhe: sem pagar nada a mais por isso. Grátis!


Serviço de motorista gratuito entre o hotel e as principais atrações da cidade – Créditos: Paulo Panayotis | Adriana Reis ©oqvpm

Diante da Praça Scala, percorro a Galeria até a Praça do Duomo, sem deixar de ver os turistas que brincam ao girar o calcanhar esquerdo no mosaico do touro no chão: para dar sorte, diz a lenda.


Jornalista Adriana Reis na Galeria Vittorio Emanuelle – Créditos: Paulo Panayotis | Adriana Reis ©oqvpm

Na caminhada pela Via Torino, entre uma loja e outra, paradinha para um café antes de ir admirar a catedral: o Duomo de Milão. A terceira maior igreja da Europa tem filas e mais filas para entrar. Portanto programe-se quando vier. Também não é todo dia que você entra numa igreja que levou cerca de 400 anos para ficar pronta.


Duomo – Créditos: Paulo Panayotis | Adriana Reis ©oqvpm

Resisto às tentações gastronômicas, que não são poucas! Estou curiosa para provar o menu do restaurante Acanto , dentro do hotel Principe di Savoia. Nem penso duas vezes e sigo as recomendações do chef Alessandro Buffolino.

Chef Alessandro Buffolino – Créditos: Paulo Panayotis | Adriana Reis ©oqvpm

O casal ao lado percebe o movimento na minha mesa e, entre fotos e comentários, pede ideias para escolher entre opções do cardápio. Eles vêm de Los Angeles. Minutos depois, decidem seguir minha sugestão de voltar também no dia seguinte para provar os pratos que pedi do incrível menu degustação.


Um dos pratos do menu degustação – Créditos: Paulo Panayotis | Adriana Reis ©oqvpm

Tomo uma última taça do vinho Ramandolo – La Roncaia e vou dormir com a sensação real de ter influenciado mais algumas pessoas com a experiência real diante dos olhos. Influência direta com resultado imediato.


Restaurante Acanto no hotel Principe di Savoia – Créditos: Paulo Panayotis | Adriana Reis ©oqvpm

Na manhã seguinte, deixo do Principe di Savoia com vontade de voltar! Faço o check out com uma certeza: apesar das mídias sociais, da internet, da modernidade do mundo atual, esse ‘príncipe’ continuará a influenciar, ao vivo, gerações e mais gerações ao longo das próximas décadas.

Dicas da Dri:
⦁ É um dos melhores cafés da manhã da Itália. Não deixe de provar o espumante.
⦁ Confira os locais onde aguardar o serviço de motorista na cidade antes de sair do hotel.
⦁ Mesmo se não estiver hospedado vá almoçar ou jantar no restaurante Acanto.

Serviço
Endereço: Piazza della Repubblica, 17 – Milão – 20124 Itália
Informações e reservas: https://www.dorchestercollection.com/en/milan/hotel-principe-di-savoia/

A jornalista se hospedou no hotel Principe di Savoia a convite da Dorchester Collection representada no Brasil pela Sahão Marketing & Consultoria, com seguro viagem Travel Ace e chip de internet Skillsim.