• 18 de December de 2018
  • LANGUAGE:
    • English
    • Español
    • France
    • Chinese
ONDE IR? COMO IR? O QUE FAZER? COMECE A VIAJAR AQUI...

PARO

image image

Paro - Butão - Céu azul e uma aterrisagem espetacular. Foi assim nossa chegada na Druk Yul - Terra do Dragão, na língua local Dzonga. Estamos no aeroporto internacional de Paro, no Reino do Butão.

É longe. A Cordilheira do Himalaia parece estar ao alcance das mãos. Antes de chegar no desembarque, a foto do rei Jigme Khesar Namguel Wangchuck, coroado aos 28 anos, da rainha e do pequeno príncipe revelam que no “País da Felicidade”, os súditos adoram a realeza.

Estar aqui é especial. É totalmente diferente de qualquer lugar que conheço. Foi só em 1974 que o Butão abriu oficialmente suas portas ao turismo. E o controle é rígido para evitar o overtourism. De acordo com Organização das Nações Unidas (ONU), o Butão tem fome zero, analfabetismo zero, agricultura zero agrotóxico, índices de violência insignificantes e nenhum mendigo nas ruas. Só isso já são razões suficientes para querer conhecer. Mas garanto o Butão tem uma atmosfera especial, diferente, única. Povo gentil e hospitaleiro, comida saborosa, paisagens belíssimas, natureza exuberante, paz e relax. Estresse é uma palavra que parece não estar no dicionário butanês.

É bom lembrar que as regras para visitar o país incluem a obrigatoriedade de fazer o roteiro via agência de viagem autorizada, ter guia certificado que acompanha toda a sua estadia, além do pagamento de taxas que incluem visto, traslados, refeições e hospedagem. A vantagem é que você não se preocupa com nada quando está lá.

Em geral, a viagem começa pela capital Thimphu, que fica a cerca de 50 quilômetros do aeroporto, e termina em Paro, com a ida ao famoso Ninho do Tigre (Tiger’s Nest). Nosso roteiro incluiu ainda a cidade Punakka.

Os jornalistas Paulo Panayotis e Adriana Reis viajaram a convite da Indo Asia Tours e Turismo do Butão com seguro viagem Travel Ace.

Informações práticas:

A melhor época para visitar o Butão é de outubro a maio. Quem gosta de fazer trekking deve evitar os meses de novembro a fevereiro por causa do frio e da neve. Agosto e setembro são meses chuvosos e com pouca visibilidade. Neste época é comum ter cancelamento de voos. 

A visita deve ser organizada via agência de viagem autorizada. A Indo Asia Tours organizou nosso roteiro e tem opções para viagens individuais ou em grupos.  

www.bhutan.gov.bt
www.thimphu.gov.bt
www.paro.gov.bt

www.tourism.gov.bt
Embaixada do Brasil - Não há representação consular do Brasil no Butão.

 

GALERIA DE IMAGENS CLIQUE PARA AMPLIAR AS IMAGENS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
O QUE É IMPERDÍVEL
image
image
O QUE COMER E BEBER
image
image
ONDE FICAR
image
image
image
O QUE COMPRAR
image
NOTÍCIAS

VÍDEOS

Nenhum 00:00:00