• 17 de November de 2017
  • LANGUAGE:
    • English
    • Español
    • France
    • Chinese
ONDE IR? COMO IR? O QUE FAZER? COMECE A VIAJAR AQUI...

BAÍA DE HALONG

image image

Baía de Halong 
 
A Baía de Ha Long ou Baía de Halong é de tirar o fôlego. Fiquei em dúvida se comprava um pacote para conhecer Halong ainda no Brasil ou deixava para comprar direto em Hanói, correndo o risco de não encontrar. Ao chegar no centro da capital vietnamita, o receio inicial acabou. Há dezenas de agências de viagem que oferecem o pacote por precos muito mais acessíveis. Paguei cerca de US$ 140 por um passeio que incluiu traslado de ida e volta, passeios, refeições, ingressos para as principais atrações e uma noite no barco.  Tudo foi sensacional. A começar do trajeto de cerca de 165 quilômetros passando por campos de arroz, cultivados por agricultores com os tradicionais chapéus em forma de cone, e pequenos vilarejos. A aparente calma do campo é frequentemente interrompida por motos, ônibus, bicicletas e pedestres. Nada que atrapalhe a viagem. Declarada Patrimônio da Humanidade da Unesco, em 1993, a baía de Halong de águas serenas da cor verde-esmeralda fica no Golfo de Tonkin, na província de Quàng Ninh. São mais de mais de duas mil ilhas e ilhotas de calcário que literalmente sobem do mar. Aliás, Halong significa “baía onde desceu o dragão". Diz a lenda que um dragão bateu a cauda numa luta para defender os vietnamitas e assim surgiram milhares destas formações rochosas que atraem turistas do mundo inteiro. 
 
Depois de quase quatro horas na estrada, cheguei ao ponto de embarque onde lanchas levam os turistas até os barcos onde farão o passeio de um, dois ou três dias. Devidamente acomodado numa suíte com banheiro privativo, subi ao deck para simplesmente me deslumbrar com este lugar único. À medida que o barco sai, as formações rochosas vão surgindo deixando a paisagem incrível. Após as orientações iniciais do simpático guia, que acompanha o grupo desde de Hanói, é só aproveitar. Quem quiser, pode seguir a programação proposta pela operadora de turismo ou pode apenas ficar no barco curtindo. A programação da A Class Cruises incluiu um almoço na chegada, passeios ao Floating village, à caverna Sung Sot (Surprising cave), passeio de caiaque, pesca de lulas à noite, happy hour, jantar, café da manhã e almoço antes do retorno à Hanói. 

GALERIA DE IMAGENS CLIQUE PARA AMPLIAR AS IMAGENS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
O QUE É IMPERDÍVEL
image
image
O QUE COMER E BEBER
image
ONDE FICAR
image
O QUE COMPRAR
image
NOTÍCIAS

VÍDEOS

Parte 4 0005:14
Parte 5 00:04:19